Google+ Followers

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Trocas Inteligentes!

Atitudes Sábias!

Vocês sabiam que algumas doenças como diabetes, hipertensão arterial (pressão alta), sobrepeso, dentre outros podem ser prevenida com uma simples atitudes, que para o organismo é de fundamental importância?
Então se você independente da idade preocupa com sua saúde ou da sua família, confiram essas "TROCAS INTELIGENTES" logo abaixo.

As Trocas Inteligentes significam a troca de ingredientes ricos em gorduras saturadas e colesterol, sódio, compostos químicos como o Glutamato Monossódico ou com poucas fibras por ingredientes saudáveis, conferindo sabor e saúde as receitas. Bases da culinária saudável:

 Ingredientes  
 Troca Inteligente
 Sal marinho ou Sal comum
   Sal light ou Gersal
 Temperos industrializados     
  Tempero caseiro ou Ervas e Especiarias
 Manteiga e Margarinas 
  Óleos vegetais
 Molho de tomate ou extrato de tomate     
industrializados
  Molho de tomate caseiro
 Creme de Leite    
  Creme de Leite de soja ou Iogurte natural
 Maionese            
  Pasta de soja
 Arroz, massas e pães brancos
  Por integrais
 Leite Integral   
  Por leite de soja ou Semidesnatado
 Queijos Amarelos  
  Por brancos light, Cottage ou  Ricota
 Farinha de trigo   
  Farinha de trigo integral
 Farinha de rosca
  Aveia, ou Quinua ou Amaranto em flocos
 Adoçantes artificiais                                 

  Sucralose Forno e Fogão

                                         

Com esse raciocínio todas as receitas poderão ser adaptadas e se tornarão mais saudáveis.
Trocar as frituras por preparações assadas no forno. Tudo que é frito pode ser feito no forno!
                                        
 Tem como ter uma alimentação saudável e saborosa com certeza, basta apenas uma pequena dose de criatividade!
                                     

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Conheça sobre a utilização de óleos de fritura

Precisamos entender os riscos para a saúde em consumir óleos reutilizados várias vezes e que chegam ao ponto de fumaça.

Ponto de Fumaça

            No processo de fritura, o alimento é submerso em óleo quente na presença de ar, e assim, é exposto à oxidação interagindo com uma série de agentes (ar, água, alta temperatura e componentes dos alimentos que estão sendo fritos) que causam degradações em sua estrutura, especialmente quando utilizado por um longo período. São formados compostos responsáveis por odor e sabor desagradáveis, incluindo substâncias que podem causar riscos à saúde do consumidor, tais como irritação do trato gastrointestinal, diarréia, dentre outros. 
 À medida que o óleo alcança o estágio de degradação, as reações de oxidação estão avançadas e há produção de moléculas complexas e compostos voláteis, como a ACROLEÍNA, que liberam aroma desagradável. Neste ponto, a fritura produz muita fumaça e conseqüentemente o alimento tem sua vida de prateleira diminuída, aroma, sabor e aspecto desagradáveis, excesso de óleo absorvido e o centro do alimento, às vezes, não totalmente cozido.Vários estudos vem demonstrando o prejuizo a saúde, principalmente ao surgimento de vários tipos de câncer por causa da acroleína, substância tóxica ao nosso organismo.


 
Dez recomendações de controle na preparação de alimentos com a utilização de óleos de fritura
ANVISA - Informe Técnico nº 11, de 5 de outubro de 2004.
1. Temperatura máxima para fritura: 180ºC (a temperatura deve ser controlada através de termostato já presente nas fritadeiras de ordem industrial). No caso das fritadeiras de uso doméstico (frigideiras, panelas e tachos) que não possuem termostato para controle, não se deve permitir a elevação da temperatura a ponto de produzir fumaça. Temperaturas excessivamente altas degradam o óleo rapidamente.

2. Dê preferência em fritar por longos períodos, ao invés de utilizar a fritadeira/frigideira/tacho por vários períodos curtos.

3. Caso a fritadeira/frigideira/tacho não esteja sendo utilizada, mas existe a necessidade de mantê-la ligada para um uso iminente, a mesma deve estar parcialmente tampada, assim se evita o contato do óleo quente com o oxigênio, pois o óleo muito quente absorve oxigênio em maior quantidade promovendo sua oxidação.

4. Evite completar o óleo em uso presente na fritadeira/frigideira/tacho com óleo novo. É preferível descartar a sobra de um óleo já utilizado, pois ao completá-lo a degradação do óleo adicionado será muito mais rápida.

5. Em intervalos de uso, o óleo deve ser armazenado em recipientes tampados e protegidos da luz, para evitar o contato com os principais catalisadores de oxidação, oxigênio e luz. Se o intervalo entre usos for longo, além de tampado, o óleo deve ser armazenado em geladeira, para se aumentar a vida de prateleira.

6. O óleo deve ser filtrado a cada término de uso. Durante a fritura dos alimentos, especialmente dos empanados, que tendem a liberar partículas de sua superfície, retire os resíduos visíveis no óleo com o auxílio de utensílio apropriado.

7. O óleo deve ser descartado quando se observar formação de espuma e fumaça durante a fritura, escurecimento intenso da coloração do óleo e do alimento e percepção de odor e sabor não característicos. Cabe lembrar que o aspecto da fumaça é diferente do vapor naturalmente liberado.

8. As fritadeiras/frigideiras/tachos devem possuir os cantos arredondados, ou seja, não apresentar cantos mortos que propiciem o acúmulo de resíduos, pois o óleo polimerizado e depositado nas paredes tende a catalisar certas reações de degradação do óleo.

9. As fritadeiras/frigideiras/tachos devem ser de material resistente e quimicamente inertes, ou seja, que não contaminem os alimentos ou facilitem a oxidação do óleo com a presença de cobre ou ferro. As mesmas devem ser descartadas quando consideradas danificadas (riscadas, amassadas, descascadas).

10. O óleo não deve ser descartado na rede pública de esgoto, as donas de casa podem acondicioná-lo em sacos plásticos ou recipientes e juntá-lo ao lixo orgânico. Já para os comerciantes e fast-foods, por descartarem uma quantidade significativa, sugere-se entrar em contato com empresas, órgãos ou entidades licenciados pelo órgão competente da área ambiental.

Prefiram sempre alimentos grelhados e/ou cozidos, sua saúde agradece!!