Google+ Followers

terça-feira, 30 de outubro de 2012

ARTRITE REUMATÓIDE OU ATRÓFICA


ARTRITE REUMATÓIDE OU ATRÓFICA 

     É uma condição inflamatória crônica, debilitante e frequentemente deformante, tendo grandes repercussões individuais, sociais e econômicas. É uma doença inflamatória crônica que afeta todo o corpo, inclusive as membranas sinoviais das articulações. As mais tipicamente envolvidas são as mãos, os pés, punhos, tornozelos e joelhos.
        É uma reação auto-imune, onde anticorpos se desenvolvem contra os componentes dos tecidos articulares, o que desencadeia esta reação pode ser genético, fatores de modo de vida, alergias alimentares e microrganismos , também associada à função anormal do intestino, porque os artríticos têm maior permeabilidade intestinal aos antígenos dietéticos e bacterianos, assim como alterações na flora intestinal.



SINTOMAS

       O indivíduo sente vaga dor articular, febre baixa, fadiga, fraqueza, rigidez articular, podem aparecer articulações edemaciadas  e dolorosas em várias semanas. Pode ocorrer dor articular forte com muita inflamação que começa nas articulações pequenas, mas afeta progressivamente todas as articulações do corpo, causada pelo acúmulo de líquido na membrana de revestimento articular e pela inflamação dos tecidos subjacentes.
    A inflamação e a dor nas articulações geralmente começa nas mãos e nos pés, porém podem apresentar-se na coluna vertebral ou em outras áreas. Esta doença quando não tratada adequadamente poderá impedir a pessoa de movimentar-se, uma vez que é uma patologia deformante e debilitante.
    É diferente da artrose porque esta se estende-se por todo o corpo inflamando a cartilagem e membrana sinovial ao redor dos ossos ocasionado a saída do líquido gorduroso que serve para lubrificar e proteger os ossos contra atritos e desgaste. O tempo frio e úmido faz muito mal para o artrítico, a pessoa apresenta dificuldade para o trabalho manual e para caminhar (principalmente se for obeso).

RECOMENDAÇÕES NUTRICIONAIS 

Preferir:
  • alimentos com nutrientes antiinflamatórios/ antixiodante: vitamina C (pimentão vermelho e amarelo, acerola, tomate, caju, laranja, limão); vitamina E ( gérmen de trigo, amêndoa, castanha - do - pará, abacate); bromelina (abacaxi); cobre (grãos integrais, fígado, amêndoas); ômega 3 (sardinha, atum, salmão, cavala, óleo de fígado de bacalhau, espinafre, couve, bertalha);  
  • azeite de oliva, óleo de canola, margarina com até 40% de lipídios;
  • chá de manjericão: para dor reumática; 
  • extrato/ chá de gengibre: antiinflamatório.
Evitar:
  • açúcar refinado, farinha refinada de trigo ou milho; 
  • álcool, chá preto, chá mate, café, refrigerantes à base de cola;
  • alimentos associados a possíveis reações alérgicas: carne de porco, boi, leite e derivados, milho, frutos do mar, ovos, soja, centeio, aveia, trigo e uva.
Atenção: Cada ser humano é único, portanto deve ser tratado com individualidade. Procure sempre ajuda médica para diagnóstico e tratamento. E para um melhor resultado do tratamento procure um Nutricionista para avaliar quais os alimentos permitidos ou não.

Referência Bibliografica:


COSTA, Eronita de Aquino. Manual de fisiopatologia e nutrição / Eronita de Aquino Costa. 3ª Ed.págs. 193 – 195  – Petropólis, RJ : Vozes, 2007.

LEÃO, Leila Sicupira Carneiro de Souza; GOMES, Maria do Carmo Rebello. Manual de nutrição clínica: par atendimento ambulatorial do adulto. 9.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.











 

Nenhum comentário:

Postar um comentário